Provavelmente você já sabe que o cliente é o principal foco na hora de bolar uma boa estratégia de Marketing Digital. O que talvez você não saiba, é que obter as informações certas a respeito desse cliente, te dá muito mais chances de atingi-lo e fazer com que sua empresa emplaque nas vendas.

Se você é dono de um negócio e está à procura de técnicas que gerem mais crescimento, ou se é um profissional na área do marketing e está buscando conhecimentos, continue conosco, pois você está no lugar certo. Vamos lá!

Persona: Parte Fundamental da sua Estratégia de Marketing Digital - SalesClass - FocoSales

O que é a Persona?

Persona é um termo usado no Inbound Marketing, e designa um personagem fictício que é construído a partir da coleta de dados dos seus clientes e também de potenciais clientes. Esse ‘’personagem fictício’’, é feito à base de informações reais.

Achou meio confuso? Calma.

Quando dispomos de algum serviço ou produto no mercado, temos em mente o público alvo que se busca atingir, mais ou menos delimitado, certo? É aí que a Persona entra, pois, os dados reais que a compõe, também têm como base as características do público alvo.

Vamos entender essa diferença.

Público alvo x Persona

Quando se define o Público Alvo de uma empresa, têm-se informações gerais a respeito da localidade, classe social, gênero e idade dos clientes. Por exemplo:

Homens de 20 a 40 anos, trabalham no comércio, passam um tempo moderado nas redes sociais, e têm renda de R$ 2.000 a R$ 5.000.

Agora, quando definimos a Persona, temos esse mesmo tipo de informação, mas de uma forma mais específica, mais enxuta:

Jorge, 32 anos, é dono de uma loja de porte médio que vende roupas, é formado em Administração, tem esposa e dois filhos. Aos finais de semana gosta de ir para bares ou assistir ao futebol. Acessa as redes sociais após o trabalho. Seu maior desafio é fazer com que sua clientela aumente, e que seu negócio esteja em uma posição favorável no ranking de buscas na internet.

 

Público Alvo: Abrange
Persona: Restringe

Antes de dizer como construir a persona, vamos nos ater um pouco sobre para o que ela serve; o motivo de tantos detalhes e por que isso tem relevância na hora de atrair mais clientes.

Qual a finalidade da Persona?

A finalidade de se delimitar todas estas informações a respeito de seus clientes, e transformá-las em um personagem com nome e tudo o mais, se dá pela então facilidade que se terá na hora de dirigir conteúdos que gerem atração.

A persona é peça fundamental para o Inbound Marketing, que tem como principal objetivo, produzir conteúdos que atraiam as pessoas e que assim, elas possam se converter em potencias clientes.

Pense comigo, é mais fácil você gerar conteúdo em um site, por exemplo, direcionado ao Jorge, ou aos homens de 20 a 40 anos que trabalham no comércio etc.?

Sim, é mais fácil traçar soluções para o problema do Jorge, e isso faz com que as chances de ele chegar ao seu produto, sejam muito maiores.

Funil de Vendas

O Funil de Vendas indica onde estará o Jorge na jornada do comprador. O que isso significa?

Quando temos alguma dúvida ou problema, e optamos por consultar a internet, nem sempre temos a intenção de comprar algo. Em outras vezes, temos em mente que precisamos solucionar um problema e teremos de comprar algo; e ainda, vezes em que já estamos decididos e só precisamos optar por quem nos oferecer o melhor negócio.

Cada uma dessas situações, representa uma fase do Funil de Vendas (De forma bem genérica, claro), e é preciso gerar conteúdo para cada uma dessas fases. Vou explicar de forma mais específica para que fique mais fácil fazer a visualização, ok?

Antes, porém, é importante deixar claro que o Funil serve para guiar aquela pessoa que tem uma simples dúvida, em direção ao seu produto. É preciso que se faça uma previsão de todo esse processo. Planejar esta estrutura, visando a aquisição do cliente, não é simplesmente escrever algo avulso, é preciso dar uma finalidade ao conteúdo.

Só mais uma coisa, o Funil de vendas dentro de uma estratégia de marketing digital, deve ser compartilhado tanto pela equipe do marketing quanto a equipe de vendas. Essa integração, permite que haja um melhor diálogo entre as duas áreas, trazendo maior eficácia dos serviços prestados aos clientes.

Topo do Funil

O topo do funil, indica a fase de aprendizado e descoberta, e é a parte mais vasta do funil, em que a pessoa ainda não tem em mente a ideia de adquirir um produto. Nessa fase, os conteúdos são direcionados para despertar interesse e fazer com que essa pessoa perceba que tem uma necessidade e queira conhecer o seu produto ou serviço.

Esse estágio, serve para que o número de circulação de pessoas cresça nas suas mídias sociais, gerando mais reconhecimento para sua marca.

Meio do Funil

Aqui, as pessoas reconhecem que há um problema e estão à procura de resoluções para tal. Esse ponto do funil, permite que você resolva dúvidas e mostre o seu produto como solução. É uma parte essencial para obter oportunidades de negócio.

Fundo do Funil

Chegando ao fundo do funil, temos alguém que já fez pesquisas, detectou seu problema e agora está decidindo por quem lhe ofereça o melhor negócio. Essa é a hora em que você fala da sua empresa abertamente, citando todos os motivos do porque é ela quem oferece as melhores vantagens. Venda seu peixe à vontade!

Relevância para a empresa e para a sua estratégia de marketing

Não deve estar difícil, após estas informações, saber porque a persona é fundamental para a empresa e para as estratégias. É através da persona, que você guiará todo o seu processo de construção de conteúdo, pois ela fornece dados que você usará a seu favor.

Ter uma persona auxilia em passos fundamentais na hora de produzir seu conteúdo:

– Linguagem a ser empregada;
– Palavras chaves que causarão interesse;
– O conteúdo a ser empregado;
– Redes sociais na qual faz uso;
– Quais perguntas costuma fazer;
– Erros mais comuns;
– Problemas que costuma enfrentar relacionados à sua área.

Importante na hora de construir sua Persona

Talvez você tenha se questionado sobre a delimitação dessa persona, quer dizer, você só pode fazer uma persona? Não!

Se o seu negócio atinge mais de um público alvo ou mais de dois, etc., você pode sim construir mais de uma persona, só não pode exagerar, pois isso pode fazer com que se perca o foco do conteúdo. Quanto mais delimitado forem as informações contidas para formar suas personas, melhor garantia terá de atingi-las de fato.

Projeções a partir de dados obtidos em redes sociais, também são válidos, desde que haja uma análise mais minuciosa do tipo de público que acessa suas páginas.

Outra coisa importante a ser lembrada para construir sua personagem, é esclarecer sobre o tipo do negócio que se tem em mente atingir: B2B ou B2C. São clientes diferentes e exigem também ações diferentes direcionadas a eles.

B2B se refere a uma empresa, assim, as perguntas devem ser direcionadas de forma menos subjetiva. Deve-se buscar entender quais serviços essa empresa considera essenciais para sua manutenção, se no momento ela opta pelo mais barato ou o mais caro. Empresas precisam de vários tipos de recursos, você pode se tornar um fornecedor oficial.

Saber as marcas a que essa empresa opta; a relação do produto com o trabalho; a mudança que a obtenção do serviço ou produto levará para a empresa. Todos estes dados, servem para construir conteúdo que seja interessante para esse público.

B2C se refere à pessoa física, conhecer esse consumidor com maior profundidade deve ser o foco. Hábitos mais pessoais da própria vida privada da pessoa.

E afinal, como montar de vez sua Persona?

Primeiramente, deve existir no seu Site ou Blog, uma página onde se peça dados dos seus visitantes. Claro que alguns ou muitos, têm um pouco de preguiça de preencher formulários, ofereça então algo em troca, como: ‘’ Preencha este formulário e receba nosso E-book gratuito’’ ou ‘’ Saiba mais sobre como eliminar a celulite para sempre preenchendo alguns de seus dados para nós. ’’

No Marketing Digital, essas informações têm nomes específicos, a Chamada para a ação, que pode ser um botão que se destaque, ou oferta atraente para conseguir dados dos visitantes, tem o nome de Call to action. É a Call to action que conduz à Landing Page: a página na qual você colocará seu formulário.

Nome
Idade
Sexo
Estado civil
Empresa que trabalha e qual Cargo exerce
Maiores dificuldades enfrentadas no Trabalho
Média salarial
Escolaridade
Com quantas pessoas mora
Lugares que gosta de frequentar
Comidas preferidas
Quanto tempo passa nas redes sociais

 

Claro que estes são bons exemplos, mas que não precisam ser seguidos à risca, você pode afunilar o questionário se já conhece um pouco do seu público e já tem informações complementares a estas.

Conclusão

Esperamos ter lhe ajudado nesta tarefa. Como já foi dito, desenvolver uma Persona com informações relevantes, é o meio mais seguro para bolar suas estratégias e fazer com que haja crescimento e reconhecimento para sua equipe. Siga todos estes preceitos e tenha certeza que ficará bem mais fácil conseguir aquilo que você tanto deseja: Mais clientes!

 

[/content_container]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.